17 de mai de 2015

Sobre sonhos




Esses dias eu tava assistindo com a minha mãe uma reportagem de pessoas que depois de anos de comodismo decidiram ir em busca dos seus sonhos. Nisso minha mãe falou: “acho que também vou buscar meus sonhos”, na verdade eu não entendi o que ela quis dizer, eu entendi, mas não entendi quais eram os sonhos dela, ela virou e me disse: “queria morar na Itália e ser escritora”, eu tirei sarro dela da parte da Itália, porque quem não que viver em lugar maravilhoso com incríveis paisagens? Mas eu fiquei bem encanada na parte de ser escritora, uma coisa que ela nunca tinha me dito sobre. (Pra quem não sabe, minha mãe tem duas faculdades {meu maior orgulho}: a primeira, ela fez em uma  faculdade pública, jornalismo na UNESP de Bauru e a segunda foi direito aqui mesmo na minha cidade do interior. Minha mãe já morou em Sampa e até trabalhou no Sindicato como jornalista até começar a namorar meu pai e voltar pra cá.

Enfim, eu já até sabia que minha mãe gostava de escrever e uma vez li ela relatando um dos dias mais marcantes quando ela trabalha como policial (sim, minha mãe já foi policial). E a “carta” era linda, com um vocabulário impressionante!

Aonde eu quero chegar com tudo isso? Simples, por que nós (de modo  bem geral), nos acomodamos? Por que aceitamos aquilo que é mais fácil e não vamos  em busca dos nosso sonhos?

Você está se senti do feliz na sua atual posição? Seja trabalho, família, ou o que for.

Você  gosta de aonde e com quem está? Se não por que continuamos?
Pensando em tudo isso eu cheguei a conclusão que eu sou muito, muito feliz. Mas é óbvio que eu quero mudar muitas coisas.

A minha vida inteira (não tão longa assim rsrs) meu sonho foi sair da minha cidade (Casa Branca) e ir pra uma cidade maior. Mas depois de ver as mudanças na Bruna Vieira, que foi morar na capital e voltou pra uma cidade do interior pra morar com os pais, eu vi que o que eu tenho é lindo, uma cidade nem um pouco grande, mas com uma família de coração gigantesco.

Mas também percebi que em algum momento vou ter que sair dessa comodidade, porque meus sonhos estão pra fora da muralha de CB (apelido da minha cidade).

Eu percebi também, inclusive com a minha mãe, que nunca somos velhos o bastante pra não irmos atrás de nossos sonhos, que sonhar é incrível, mas que realizar sonhos é mais ainda.

E você tá incomodado ou acomodado?

Vai lá, corre atrás dos seus sonhos, porque a vida é ao mesmo tempo longa, mas ao mesmo tempo curta, curta para todos sonhos que temos em nós.


Então corre, corre que ainda dá tempo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário