17 de dez de 2012

Marilyn Monroe

Esses dias eu estava olhando o face e me deparei com uma imagem da LINDA Marilyn Monroe.E me fiz uma pergunta : Nossa,todos conhecem a Marilyn Monroe como um ícone da sensualidade e popularidade mas será que todos conhecem sua verdadeira "história''?.Bom eu pude responder por mim mesma,não eu não conhecia nem metade de tudo que ela já passou.E com isso resolvi conhecer mais sobre a história dela e compartilhar com vocês.


Marilyn Monroe (nome artístico de Norma Jeane MortensonLos Angeles1 de junho de 1926 — Los Angeles, 5 de agosto de 1962) foi uma das mais célebresatrizes norte-americanas.
É uma das mais famosas estrelas de cinema de todos os tempos, um símbolo de sensualidade e um ícone de popularidade no século XX.[1]
A biografia é meio grandinha mais para quem quiser ler (vale muito a pena!) 

Biografia

[editar]Infância e Vida no Orfanato

Quando Norma Jeane ( conhecida publicamente como Marilyn Monroe) nasceu, Gladys reconheceu que não sabia criar filhos e a entregou aos cuidados da babá Ida Bolender. Muito rígida, Ida batia na menina com uma correia desde os 3 anos de idade, até que um dia, Della, sua avó materna a roubou. Mas como tinha problemas de cabeça, Della uma vez tentou estrangulá-la com suas próprias mãos. Norma Jeane fez de tudo para se defender, mas a avó a amarrou e a trancou em um armário. Quando foi encontrada horas mais tarde, já estava quase asfixiada, lamentável incidente que causou um trauma muito grande em sua infância, pois a Norma Jeane sempre tinha horríveis pesadelos.
Quando Della morreu tragicamente em um manicômio algum tempo depois, deixou uma pequena herança `a sua filha. Isso possibilitou Gladys comprar uma casa simples próximo de Hollywood Boulevar onde pudesse viver com sua própria filha. Porém, logo após ela têve uma crise mental e precisou ser transferida para uma clínica psiquiátrica. `A partir de então, Norma Jeane passou `a viver com famílias diferentes: primero com os Arliss, um casal de artistas britânicos, quando completou nove anos foi responsabilizada aos cuidados do casal Giffen, e em pouco tempo passou a morar com os Carrol.
Tudo parecia ir muito bem, até que eles resolveram alugar um cômodo na casa do senhor Kimmel. No dia 13 de Setembro de 1935, aproveitando que o senhor e a senhora Carrol não estavam, kimmel obrigou Norma Jeane a fazer certas coisas obscenas e depois fugiu. Quando o casal Carrol finalmente voltou, ela, chorando, contou-lhes o que havia acontecido e o senhor Carrol concluiu que deveria desfazer-se da menina, pois esta era uma ameaça para qualquer família decente. Norma Jeane foi então arrastada para o orfanato Orfan's Home Society, em Los Angeles, e chorando, gritava que não era orfã e que não poderiam deixá-la alí. Esse foi um dia no qual ela nunca esquecera, pois sendo apenas uma vítima inocente de um predador, fora ela quem recebera o castigo.
Sua vida no orfanato era triste e vazia, porém, quando ela completou 10 anos de idade, foi feito uma pequena festa para comemorar seu aniversário. Norma Jeane ficou muito feliz quando a trouxeram um bolo enfeitado e suas amigas cantaram parabéns. Emocionada e cheia de esperanças, ela fechou os olhos para fazer um pedido enquanto apagava as velinhas. Mas quando ia partir o bolo, uma funcionária a empurrou fortemente e o guardou no armário. Uma de suas coleguinhas lhe disse que aquele bolo era de madeira e que era usado para cantar parabéns para cada criança do orfanato.
Dois anos se passaram, mas ela continuava alí porque sua mãe não tinha condições de criá-la e também não permitia sua adoção. Norma Jeane admirava o grande ator Clark Gable, e as vezes até mentia para suas amiguinhas dizendo que ele era seu pai. Com o tempo, ela também chegou a conhecer sua irmã mais velha por parte de mãe, com quem têve uma forte relação. Um dia, uma amiga de sua mãe chamada Grace Mackee, ganhou sua custódia legal, e a levou para morar com ela. Dali saindo, a menina nunca mais voltar `aquele orfanato onde téve tantas desilusões.
Esta é uma parte da história da atriz de cinema, cantora e modelo americana Norma Jeane, uma criança que conviveu com a solidão, o medo,e a insegurança. Uma adolescente que morou em diferentes lares e orfanatos, e que chegando a ser um dos principais símbolos sexuais de todos os tempos, foi também vítima de abusos sexuais.[2]
Quem quiser ler mais clique AQUI









Bom,é isso,espero que gostem do post.
                                                                       Beijinhos
                                                                         xoxo



Nenhum comentário:

Postar um comentário